Vidas Rasteiras

AUTOR: Alberto Pucheu

 

Do ponto de vista formal, vidas rasteiras permanece fiel ao que há de melhor no corpus da obra de Pucheu. Do ponto de vista das inquietações que produz, é um testemunho poético-filosófico do nosso tempo e do que é, afinal, o contemporâneo.

R$ 25,00

Sem estoque no momento!
Avisa-me quando voltar ao estoque.

Avisa-me

Sobre o Produto

Ao longo da história do pensamento, duas perguntas parecem se entrelaçar – o que é isso, a filosofia? O que é isso, a poesia? – numa intrincada relação de interdependência.

As duas questões estão, de maneira elíptica, ligadas ao trauma, aqui no sentido do acontecimento, do espanto, da busca incessante pelo entendimento. Da procura desse segredo nasce a ideia de que a experiência de pensamento é uma tentativa de dizer o mundo pela linguagem, poética ou filosófica, artística ou teórica.

A poesia que Alberto Pucheu nos apresenta em vidas rasteiras faz essa tentativa compartilhando poesia e filosofia. O livro se inscreve nesta intersecção.

Cada palavra, cada verso, cada enjambement, cada poema estão marcados pelo trauma, mas também pelo desejo de trazer este trauma para a linguagem. O resultado é espantoso.

Do ponto de vista formal, vidas rasteiras permanece fiel ao que há de melhor no corpus da obra de Pucheu.

Do ponto de vista das inquietações que produz, é um testemunho poético-filosófico do nosso tempo e do que é, afinal, o contemporâneo – Carla Rodrigues

Informações Adicionais

  • Capa comum: 184 páginas
  • Editora: Cult; Edição: 1 (20 de outubro de 2020)
  • Idioma: Português
  • ISBN-978-65-86596-06-9