Poesia, cinema e testemunho

CURSO MINISTRADO POR: Diana Junkes

VAGAS: 75

CARGA HORÁRIA: 8h

DIAS DO CURSO: 18 e 25/08, 01 e 08/09 - 19h

 

O objetivo deste curso é empreender discussões/ análises sobre poemas e filmes a partir da perspectiva do testemunho, tomando-os como manifestações artísticas que, pela linguagem, encenam e ressignificam catástrofes individuais e históricas.

Nº de pessoas:

-

+

Limpar

R$ 280,00

Ementa do Curso

O objetivo deste curso é empreender discussões/ análises sobre poemas e filmes a partir da perspectiva do testemunho, tomando-os como manifestações artísticas que, pela linguagem, encenam e ressignificam catástrofes individuais e históricas. Para tanto, serão feitos contrapontos com narrativas sobre trauma e exílio feitos por sobreviventes e refugiados de campos de concentração, regimes ditatoriais, guerras civis, como também por trans, travestis, população negra, mulheres. Uma vez que o relato do trauma esbarra na impossibilidade de simbolização, pois situa-se na borda do que Lacan chamaria de Real, um dos modos de alcançar a experiência traumática seria a partir da transcriação da memória pelo sujeito, tomando este conceito de empréstimo da teoria da tradução de  Haroldo de Campos, ou seja, o acesso à rememoração do trauma em si é marcado por lacunas, mas a linguagem pode (trans)criá-lo, convertendo o vivido em verbo, numa tentativa de preenchimento da hiância entre os fatos e seu relato, que talvez sejam possíveis pela via da imaginação e da criação, amparados pela escritura, numa luta contra o esquecimento. As reflexões levarão em consideração, além dos aspectos expressivos dos poemas e filmes, as referências teóricas elencadas a seguir, as quais vão fundamentar as abordagens.

AULA I: Trauma: os (im)possíveis da experiência

  1. Discussão de poemas/relatos/ filmes
  2. Fundamentação teórico-crítica: O conceito de história. Experiência e pobreza. Das impossibilidades de narrar o trauma. Testemunho.

Bibliografia:

  • BENJAMIN, Walter. Sobre o conceito de história

https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/3957253/mod_resource/content/1/Teses%20sobre%20o%20conceito%20de%20história%20%281%29.pdf

  • BENJAMIN, Walter. Experiência e pobreza.

https://bibliotecasocialvirtual.files.wordpress.com/2010/06/walter-benjamin-experiencia-e-pobreza.pdf

  • SELIGMAN-SILVA, Marcio. Narrar o trauma: a questão dos testemunhos em catástrofes históricas. In: Revista Psicanálise Clínica, 2008

Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pc/v20n1/05.pdf

Filmes sugeridos:

  • O ovo da serpente, Ingmar Bergman, 1977 (Alemanha/EUA)
  • Incêndios, Denis Villeneuve, 2010 (Canadá)

AULA II: A lei, os corpos, a morte

  1. Discussão de poemas/relatos/ filmes
  2. Fundamentação teórico-crítica: A inscrição do trauma no corpo. Uma escrita corporal. Lei e soberania. Democracia. Necrobiopoder.

Bibliografia:

  • BENTO, Berenice. Necrobiopoder: quem pode habitar o estado-nação? Cadernos Pagu, 2018.

https://www.scielo.br/pdf/cpa/n53/1809-4449-cpa-18094449201800530005.pdf

  • MBEMBE, Achille. Crítica da razão negra. Tradução Marta Lança. Lisboa: Antígona, 2014 Trechos selecionados
  • RANCIÉRE, Jacques. Ódio à democracia. Tradução Mariana Echalar. São Paulo: Boitempo, 2014. Trechos selecionados

Filmes sugeridos:

  • Ó pai ó, Monique Gardenberg, 2007 (Brasil)
  • Kbela, Yasmin Thainá, 2015 (Brasil, Curta)
  • O Caso do Homem Errado, Camila de Moraes, 2017 (Brasil, Documentário)
  • Moolaadé, Ousmane Sembene, 2004 (Senegal)
  • As hiper mulheres de Carlos Fausto, Leonardo Sette, Takuma Kuikuro. Filmado pelos índios Kuikuro, 2012, Brasil. (Documentário)

Dossiê sugestão:

Revista Cult – Dossiê: A leitura de Achile Mbembe no Brasil

https://revistacult.uol.com.br/home/dossie-leitura-de-achille-mbembe-no-brasil/

 AULA III:  Ruínas, memória, arte

 Discussão de poemas/relatos/ filmes

  1. Fundamentação teórico-crítica: Memória e rememoração. Escrever as ruínas. Arte e esquecimento. A partilha do sensível.

 Bibliografia:

  • GAGNEBIN, Jeanne-Marie. Lembrar, escrever, esquecer. São Paulo: Editora 34, 2006. Trechos selecionados
  • HANSEN, Miriam. Benjamin, cinema e experiência: A flor azul na terra da tecnologia. Benjamin e a obra de arte: técnica, arte e percepção. In____ (et all org). Traduções: Marijane Lisboa; Vera Ribeiro. São Paulo: Contraponto, 2015, p.223-269
  • RANCIÉRE, Jacques. A partilha do Sensível. Estética e Política. Tradução: Monica Costa Neto. São Paulo: Editora 34, 2018. Trechos selecionados

 Filmes sugeridos:

  • Vukovar, posta restante, Boro Darskovic, 1994 (Sérvia)
  • Machuca, Andrés Wood, 2003 (Chile)
  • Condor, Roberto Nader, 2007 (Brasil, Documentário)
  • Bacurau, Kleber Mendonça, 2019 (Brasil)

AULA 4: Testemunhos: a (in)completa tradução

 1. Discussão de poemas/relatos/ filmes
2. Fundamentação teórico-crítica: A língua pura. A tarefa luciferina. Transcriar, Trans-humanar.

 Filmes sugeridos:

  • Hiroshima Mon amour. Alain Resnais, 1959 (França/Japão)
  • Andrei Tarkovski, 1983 (Itália/URSS)
  • O paraíso deve ser aqui, Elia Suleiman, 2019 (Qatar, Alemanha, Turquia)
    À Sombra de um Delírio Verde, 2012, Argentina, Bélgica e Brasil. De: An Baccaert, Cristiano Navarro, Nicola Mu, índios Guarani-Kaiowa (Documentário)

 Observações:

  1. Todos os textos serão disponibilizados por links de acesso on-line ou pdf.
  2. Serão lidos poemas de poetas brasileiros e de diferentes nacionalidades, em tradução para o português, produzidos ao longo do século XX e início do século XXI. Os poemas serão organizados em uma apostila a ser enviada aos participantes antes das aulas.

 

Aspectos técnicos

As aulas serão transmitidas pelo Google Meet. As instruções para o acesso serão enviadas por e-mail dois dias antes do início do curso. Se você se inscrever nos últimos momentos, receberá essas instruções no dia da primeira aula.

Nossas aulas são transmitidas ao vivo, mas são também gravadas e podem ser assistidas posteriormente. Os links dos vídeos ficam ativos por 30 dias corridos a partir do fim do curso. Oferecemos certificado apenas para quem tiver 75% de presença nas aulas ao vivo.

Para mais informações: [email protected]

Ministrado por

Diana Junkes

É poeta e crítica literária. É  professora de literatura na Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), onde também coordena o Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Poesia e Cultura – NEPPOC/CNPq. Foi professora visitante nas  universidades de Yale, Illinois, Buenos Aires, Jaguelônica de Cracóvia. Dedica-se ao estudo da poesia brasileira, tema sobre o qual publica … Continue lendo “Diana Junkes”

Aulas

AULA 1
Data: 18/08/2020
Horário: das 19h às 21h

____________________________________

AULA 2
Data: 25/08/2020
Horário: das 19h às 21h

____________________________________

AULA 3
Data: 01/09/2020
Horário: das 19h às 21h

____________________________________

AULA 4
Data: 08/09/2020
Horário: das 19h às 21h