O feminismo marxista

CURSO MINISTRADO POR: Maria Lygia Quartim de Moraes

VAGAS: 50

CARGA HORÁRIA:

DIAS DO CURSO: 08,15, 22 e 29/03/2022 - 19h

 

Este curso tem como objetivo a apresentação dos contextos históricos em que o feminismo e o marxismo fazem sua aparição, como têm dialogado e quais as principais tendências atuais.

Nº de pessoas:

-

+

Limpar

R$ 250,00

Ementa do Curso

O feminismo e o marxismo compartilham da especificidade de serem, ao mesmo tempo, teorias e práticas políticas radicais. O feminismo marxista tem uma história e diferentes vertentes que, ao longo do tempo, foram incluindo novas perspectivas de análise e temas, como o racismo, a importância do feminismo latino-americano e a inclusão da questão LGBTS. Este curso tem como objetivo a apresentação dos contextos históricos em que o feminismo e o marxismo fazem sua aparição, como têm dialogado e quais as principais tendências atuais.

Aula 1. Feminismos: trajetórias

*A importância do iluminismo e da Revolução Francesa

*Origem da palavra

*Teoria e militância feminista:  Olympes de Gouges e Mary Wollstonecraft

* O socialismo de Flora Tristan

Aula 2. Marxismo e a questão da mulher

*O materialismo histórico: principais obras de Marx e Engels sobre a opressão da mulher

*O feminismo socialista da primeira metade do século XX

*Clara Zetkin e Alexandra Kollontai e a revolução russa de 1917

*A greve geral de 1917 no Brasil (e a invisibilidade da mulher na História)

Aula 3. Afinal, o que é uma mulher?

* A revolução teórica de Simone de Beauvoir

* A geração1968 e as novas influências teóricas e aportes feministas: divisão sexual do trabalho versus opressão sexual

* Juliet Mitchell: uma teoria das diversas instâncias da opressão da mulher

Aula 4. Feministas marxistas contemporâneas:

*Angela Davis e Lélia Gonzalez: o feminismo marxista antirracista

*Silvia Federeci e as origens do capitalismo

*Nancy Fraser e o feminismo para 99% das mulheres

*Tithi Batacharya e a reprodução social

 

Bibliografia

GOUJES, Olympe des. Declaração dos Direitos da Mulher e da Cidadã. (1791)

Disponível:https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/414/2018/10/DeclaraDirMulherCidada1791RecDidaPESSOALJNETO.pdf

WOLLSTONECRAFT, Mary. Reivindicação dos direitos da Mulher. São Paulo: Editora Boitempo, 2016.

TRISTAN, Flora. União Operária. São Paulo: Fundação  Perseu Abramo, 2015.

Fonte https://fpabramo.org.br/publicacoes/wp-content/uploads/sites/5/2017/05/Uniao-Oper%C3%A1ria-web.pdf.
GALVÃO, Patrícia. Parque industrial. Porto Alegre, São Paulo: EDUFSCar, 1994.

GOLDMAN, Wendy. Mulher, Estado e Revolução. São Paulo: Editora Boitempo, 2014.

KOLLONTAI, Alexandra– As relações entre os sexos e a luta de classes (1911)

Disponível em: https://www.marxists.org/portugues/kollontai/1911/mes/luta.htm

ENGELS, Friederich. A Origem da Familia, da Propriedade Privada e do Estado.

Disponível em https://www.marxists.org/portugues/marx/1884/origem/index.htm

MARX, Karl e ENGELS, Friederich O Manifesto Comunista

Disponivel: https://www.marxists.org/portugues/marx/1848/ManifestoDoPartidoComunista/index.htm

ZETKIN, Clara — in Notas de Meu Diário. Lênin, Tal Como Era. Páginas escritas depois da morte de Lênin.
Fonte: O Socialismo e a Emancipação da Mulher, Editorial Vitória, 1956

Disponível em: https://www.marxists.org/portugues/zetkin/1920/mes/lenin.htm

Cadernos Pagu n.12 (1999) Simone de Beauvoir & os feminismos do século XX (dossiê)

Disponível em::https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/issue/view/237

Cadernos Pagu n.56 (2019) Simone de Beauvoir e a escrita dos feminismos (dossiê)

Disponível em: https://www.scielo.br/j/cpa/i/2019.n56/

MITCHELL, Juliet. Mulheres, a revolução mais longa.Revista Civilização Brasileira, n.16, 1967.

Disponível em: https://marxismo21.org/wp-content/uploads/2013/01/G%C3%AAnero-J-Mitchell.pdf

HIRATA, Helena; KERGOAT, Danièle. A classe operária tem dois sexos. Estudos feministas, n. 1, ano 2, 1994, pp. 93-100. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4287450/mod_resource/content/1/HIRATA%2C%20Helena%3B%20KERGOAT%2C%20Dani%C3%A8le.%20A%20classe%20oper%C3%A1ria%20tem%20dois%20sexos.pdf

Os desafios do marxismo feminista na atualidade .Dossiê temático organizado por Marxismo 21, 2020.

Disponível em:

https://marxismo21.org/o-feminismo-marxista-na-atualidade/

Dossié sobre Tithi Bhattacharya na revista Movimento Disponível em: https://movimentorevista.com.br/a/tithi-bhattacharya/

DAVIS, Angela. Mulheres, raça e classe. São Paulo: Editora Boitempo, 2016.

DAVIS, Angela. Mulheres, Cultura e Política. São Paulo: Editora Boitempo, 2017.

FEDERECI, Silvia. Calibã e a Bruxa: mulheres, corpo e acumulação primitiva. São Paulo:Elefante, 2017.

FRAZER, Nancy e JAEGGI, Rahel. Capitalismo em Debate. São Paulo: Editora Boitempo, 2018.

ARRUZZA, Cinzia; BATTACHARYA, TITHI e FRAZER, Nancy. Feminismo para os 99%. Um manifesto. São Paulo: Editora Boitempo, 2019.

GONZALEZ, Lélia. Por um feminismo afro- latino- americano (org. Flávia Rios e Márcia Lima). Rio de Janeiro: Zahar Editores, 2020.

 

 

 

 

 

 

 

 

Ministrado por

Maria Lygia Quartim de Moraes

Doutora em Ciência Política pela USP, professora titular de Sociologia da Unicamp, pesquisadora do CNPq e do Núcleo de Estudos de Gênero Pagu da Unicamp, coordenando o  Grupo de Pesquisas Teorias e Militâncias Feministas da Unicamp/CNPq. Suas atividades de pesquisa envolvem uma gama variada de assuntos, da economia política aos estudos de família, sendo também especialista … Continue lendo “Maria Lygia Quartim de Moraes”

Aulas

AULA 1
Data: 08/03/2021
Horário: das 19h às 21h

____________________________________

AULA 2
Data: 15/03/2021
Horário: das 19h às 21h

_____________________________________

AULA 3
Data: 22/03/2021
Horário: das 19h às 21h

____________________________________

AULA 4
Data: 29/03/2021
Horário: das 19h às 21h