CULT #242 | FEVEREIRO 2019

EDIÇÃO: 242

PÁGINAS: 52

 

O mito viril, os horizontes de desconstrução, as representações problemáticas da masculinidade e as novas maneiras de ser homem. Mais: Adriana Negreiros, Nicanor Parra, Wyslawa Szymborska, J.-K. Huysmans e colunas de Marcia Tiburi, Bianca Santana e Wilson Gomes

R$ 18,50

Sem estoque no momento!
Avisa-me quando voltar ao estoque.

Avisa-me

Detalhes da Edição

BIANCA SANTANA
À espera de muitos milagres

MARCIA TIBURI
O fracasso da argumentação

ENTREVISTA
Em sua estreia literária com biografia de Maria Bonita, Adriana Negreiros oferece a narrativa do cangaço pelo ponto de vista das mulheres

DOSSIÊ – CARTOGRAFIAS DA MASCULINIDADE
– Apresentação, por Pedro Ambra
– Homens e armas, por Pedro Ambra
– A normalização da homossexualidade e os destinos do masculino, por Eduardo Leal Cunha
– Revisitando Adão e Eva, por Susana Muskat
– O negro, o drama e as tramas da masculinidade no Brasil, por Deivison Faustino
– Revisitando a aquarela das masculinidades, por Guilherme Almeida

LIVROS
– Lançamento de ‘Só para maiores de cem anos – Antologia (anti)poética’ atesta a independência feroz de Nicanor Parra, por Daniel Benevides
– Com tradução inédita, ‘Nas profundezas’, de J.-K. Huysmans, é fruto da obsessão do autor pelo mundo do mal 
e pelo mal do mundo, por Claudio Willer
– ESTANTE CULT: Brincadeiras poéticas de Szymborska, escritos inéditos de Pessoa, um histórico pronunciamento de Veil e outros lançamentos

WILSON GOMES
Ascensão e quedas dos olimpianos morais na política

Ficha Técnica

ISSN: 1414707-6
Edição: 242
Data: Fevereiro 2019
Páginas: 52
A Revista CULT é uma publicação mensal da Editora Bregantini