Introdução à obra de James Joyce

CURSO MINISTRADO POR: Vitor Alevato do Amaral

VAGAS: 49

CARGA HORÁRIA: 6h

DIAS DO CURSO: 01, 02 e 03/02/2021 - 19h

 

O objetivo do curso é apresentar a obra do irlandês James Joyce (1882-1941), de forma a oferecer uma introdução ao universo joyciano que permita aos leitores tanto dar continuidade à leitura dos textos do escritor quanto aprofundar-se posteriormente em cursos sobre suas obras específicas.

Nº de pessoas:

-

+

Limpar

R$ 190,00

Ementa do Curso

O objetivo do curso é apresentar a obra do irlandês James Joyce (1882-1941), de forma a oferecer uma introdução ao universo joyciano que permita aos leitores tanto dar continuidade à leitura dos textos do escritor quanto aprofundar-se posteriormente em cursos sobre suas obras específicas. Durante o curso, serão apresentados os fatos biográficos mais relevantes de Joyce, a cronologia e os principais aspectos de sua obra, desde as primeiras publicações até as póstumas. Os participantes também receberão informações sobre as traduções de Joyce em português e as adaptações cinematográficas de suas obras. Não é necessário que os participantes tenham lido qualquer obra de Joyce antes do curso. Para aqueles que pretenderem conhecer um pouco mais sobre a obra de Joyce, leituras breves serão sugeridas antes de cada encontro com intuito de enriquecer a experiência e promover o debate. Serão também indicadas fontes complementares de informação (textos, filmes, músicas) para os que quiserem se aprofundar ainda mais.

AULA 1

  1. Cronologia da vida e da obra de James Joyce (1882-1941);
  2. a poesia de Joyce;
  3. os contos de Dublinenses (Dubliners).

Leitura: “Os mortos”, de Dublinenses.

Para saber mais:

  1. JOYCE, James. Dublinenses. Trad. Caetano W. Galindo. São Paulo: Penguin / Companhia das Letras, 2018.
  2. —. Dublinenses. Trad. José Roberto O’Shea. São Paulo: Hedra, 2012.
  3. —. Música de câmara. Trad. Alípio Correia de Franca Neto. São Paulo: Iluminuras, 1998.
  4. —. Pomas, um tostão cada e outros poemas. Trad. Alípio Correia de Franca Neto. São Paulo: Iluminuras, 2001.
  5. —. Cartas a Harriet. Seleção e tradução de Dirce Waltrick do Amarante e Sergio Medeiros. São Paulo: Iluminuras, 2018.
  6. —. De santos e sábios. Org. Dirce Waltrick do Amarante e Sergio Medeiros. Trad. André Cechinel, Caetano Galindo, Dirce Waltrick do Amarante e Sergio Medeiros. São Paulo: Iluminuras, 2012.

No cinema:

  1. Os vivos e os mortos (The Dead), de John Huston. 1987.
  2. The Sisters, de Matthew James Eberle. 2017. Disponível em http://matthewjameseberle.com/james-joyces-the-sisters (sem legendas)

AULA 2

  1. A admiração por Ibsen: Exilados (Exiles);
  2. o professor Joyce e a pupila: Giacomo Joyce;
  3. o romance de formação: Um retrato do artista quando jovem (A Portrait of the Artist as a Young Man).

Leitura: trechos selecionados de Um retrato…

Para saber mais:

  1. JOYCE, James. Stephen Herói. Trad. José Roberto O’Shea. São Paulo: Hedra, 2008.
  2. —. Um retrato do artista quando jovem. Trad. Caetano W. Galindo. São Paulo: Penguin / Companhia das Letras, 2016.
  3. —. Um retrato do artista quando jovem. Trad. Tomaz Tadeu. São Paulo: Autêntica, 2018.
  4. —. Giacomo Joyce. Trad. Paulo Leminski. São Paulo: Brasiliense, 1985.
  5. —. Exilados. Trad. José Antonio Arantes. São Paulo: Iluminuras, .

No cinema:

  1. Um retrato do artista quando jovem (A Portrait of the Artist as a Young Man), de Joseph Strick.
  2. Nora, de Pat Murphy. 2000.

AULA 3

  1. Introdução a Ulisses;
  2. o Bloomsday;
  3. uma palavra sobre Finnegans Wake.

Leitura: excertos de Ulisses; excerto de Finnegans Wake por vários tradutores.

Para saber mais:

  1. JOYCE, James. Ulisses. Trad. Antonio Houaiss. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1966 (2ª ed., 1967).
  2. —. Ulisses. Trad. Bernardina da Silveira Pinheiro. Rio de Janeiro: Objetiva, 2005 (2ª ed., selo Alfaguara, 2007).
  3. —. Ulysses. Trad. Caetano W. Galindo. Companhia das Letras, 2012.
  4. —. Panaroma do Finnegans Wake. Seleção e tradução Augusto de Campos e Haroldo de Campos. 4ª ed. São Paulo: Perspectiva, 2001.
  5. —. Finnicius revém. Trad. Donaldo Schüler. Cotia: Ateliê Editorial, 1999-2003.
  6. —. “Finnegans Wake” por um fio. Trad. Dirce Waltrick do Amarante. São Paulo: Iluminuras, 2018.
  7. GALINDO, Caetano W. Sim, eu digo sim. Uma visita guiada ao ‘Ulysses’ de James Joyce. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.
  8. BURGESS, Anthony. Homem comum enfim. Trad. José Antonio Arantes. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

No cinema:

  1. A alucinação de Ulisses (Ulysses), de Joseph Strick. 1967.
  2. Bloom. Sean Walsh. 2003.
  3. Passages from James Joyce’s ‘Finnegans Wake’, de Mary Ellen Bute. 1966.

Na música:

  1. Canto Falado. Monólogo da Molly Bloom na voz de Livia Nestrovski, com letra de Carlos Rennó e música do Zé Miguel Wisnik. Lançado por ocasião do Bloomsday de 2020. Disponível em https://youtu.be/IrrcQR0XP8c;
  2. “Flower of the Mountain” in Director’s Cut. Kate Bush. 2011. (“The Sensual World” in The Sensual World. Kate Bush. 1989);
  3. Anna Livia Plurabelle. Jazz Cantata. André Hodeir. 1972.

Na voz de Joyce:

  1. Joyce lê fragmento de “Éolo” (“Aeolus”), de Ulisses (27 de novembro de 1924) in The Spoken Word. Irish Poets and Writers. CD.
  2. Joyce lê fragmento de “Anna Livia Plurabelle”, de Finnegans Wake (5 de setembro de 1929) in The Spoken Word. Irish Poets and Writers.

 

 

Aspectos técnicos

As aulas serão transmitidas pelo Google Meet. As instruções para o acesso serão enviadas por e-mail dois dias antes do início do curso. Se você se inscrever nos últimos momentos, receberá essas instruções no dia da primeira aula.

Nossas aulas são transmitidas ao vivo, mas são também gravadas e podem ser assistidas posteriormente. Os links dos vídeos ficam ativos por 30 dias corridos a partir do fim do curso. Oferecemos certificado apenas para quem tiver 75% de presença nas aulas ao vivo.

Para mais informações: [email protected]

Ministrado por

Vitor Alevato do Amaral

Leciona Literaturas de Língua Inglesa no Departamento de Letras Estrangeiras Modernas da Universidade Federal Fluminense (UFF). Suas principais linhas de pesquisa são Estudos Joycianos e Tradução Literária, com ênfase nas retraduções das obras de Joyce. Também é pesquisador afiliado ao Grupo de Estudos de tradução e Adaptação (ESTTRADA / UFRJ), à Cátedra de Estudos Irlandeses … Continue lendo “Vitor Alevato do Amaral”

Aulas

AULA 1
Data: 01/02/2021
Horário: das 19h às 21h

____________________________________

AULA 2
Data: 02/02/2021
Horário: das 19h às 21h

_____________________________________

AULA 3
Data: 03/02/2021
Horário: das 19h às 21h