História das insubmissões populares no Brasil

CURSO MINISTRADO POR: Patrícia Valim

VAGAS: 89

CARGA HORÁRIA: 10h

DIAS DO CURSO: 02, 09, 16, 23 e 30/09/2020 - 19h

 

Além de analisar as insubmissões populares na História do Brasil até as lutas pela Independência de Portugal, o curso irá debater as razões pelas quais o processo de construção da identidade nacional silenciou esses movimentos a partir do Segundo Reinado.

Nº de pessoas:

-

+

Limpar

R$ 280,00

Ementa do Curso

Diferentemente do que se costuma repetir exaustivamente nos principais meios de comunicação, o povo brasileiro nunca deixou de lutar contra a exploração, a escravidão, as opressões, a violência de Estado e de particulares. Desde o momento em que os primeiros portugueses ocuparam o território do Brasil e começaram a explorar seus recursos e sua gente, inúmeras revoltas, sedições, insurreições, conspirações, motins e rebeliões coletivas e sangrentas foram recursos frequentemente mobilizados e fortes obstáculos à soberania do Estado português no Brasil. Em outra escala, a legitimidade da exploração colonial e da violência que lhe é constitutiva também foram questionadas por meio de incontáveis episódios de resistências cotidianas, menos públicas, mais sutis e dissimuladas, envolvendo homens escravizados, indígenas e mulheres. “A tumba de paz e o berço das rebeliões” nos termos do Conde de Assumar, governador de Minas Gerais e de São Paulo, por ocasião da Revolta de 1720, é o tipo de justificativa que as autoridades usavam para reprimir com violência os grupos e as pessoas que questionaram abusos de toda sorte ao tempo em que propuseram alternativas de modos de existir e resistir. Além de analisar essas insubmissões populares na História do Brasil até as lutas pela Independência de Portugal, acirradas a partir de 07 de setembro de 1822, o curso irá debater as razões pelas quais o processo de construção da identidade nacional silenciou esses movimentos a partir do Segundo Reinado.

Aula 1

Revoltas, Rebeliões, Sedições no espaço público

Aula 2

Resistência Indígena

Aula 3

Resistência Escrava

Aula 4

Gênero e Resistência

Aula 5

Inconfidência, Conjuração e Independência.

Aspectos técnicos

As aulas serão transmitidas pelo Google Meet. As instruções para o acesso serão enviadas por e-mail dois dias antes do início do curso. Se você se inscrever nos últimos momentos, receberá essas instruções no dia da primeira aula.

Nossas aulas são transmitidas ao vivo, mas são também gravadas e podem ser assistidas posteriormente. Os links dos vídeos ficam ativos por 30 dias corridos a partir do fim do curso. Oferecemos certificado apenas para quem tiver 75% de presença nas aulas ao vivo.

Para mais informações: [email protected]

Ministrado por

Patrícia Valim

Professora de História do Brasil Colonial no Departamento de História e no Programa de Pós-Graduação em História da UFBA. Especialista na temática das Revoltas, Motins, Sedições, Resistências, Conjurações e Lutas pela Independência do Brasil. Publicou vários artigos sobre o tema e o livro “Corporação dos Enteados: tensão, contestação e negociação política na Conjuração Baiana de … Continue lendo “Patrícia Valim”

Aulas

AULA 1
Data: 02/09/2020
Horário: das 19h às 21h

____________________________________

AULA 2
Data: 09/09/2020
Horário: das 19h às 21h

____________________________________

AULA 3
Data: 16/09/2020
Horário: das 19h às 21h

____________________________________

AULA 4
Data: 23/09/2020
Horário: das 19h às 21h

____________________________________

AULA 4
Data: 30/09/2020
Horário: das 19h às 21h