De distopias críticas a futuros possíveis: imaginação e literatura

CURSO MINISTRADO POR: Ana Rüsche

VAGAS: 86

CARGA HORÁRIA: 10 horas

DIAS DO CURSO: 01, 08, 15, 22 e 29/10/2020, das 20h às 22h

 

Retratos da utopia e da distopia na literatura desde as obras inaugurais até livros que dialogam com pesadelos totalitários, com Ana Rüsche

Nº de pessoas:

-

+

Limpar

R$ 200,00

Núcleo

Altos Estudos

Ementa do Curso

O curso pretende comentar retratos da utopia e da distopia na literatura — desde as obras inaugurais, como Utopia de Morus e Viagens de Gulliver de Swift, até livros que dialogam com pesadelos totalitários, como Fahrenheit 451 de Ray Bradbury e 1984 de George Orwell. Também serão discutidas obras escritas a partir de outras demandas sociais como Kindred de Octavia Butler e O conto da Aia de Margaret Atwood. Ainda serão abordadas as questões utópicas e ecológicas nas obras de Jeff Vandermeer, Kim Stanley Robinson e Ursula Le Guin que contaminam a ficção no século 21.

1º encontro: de Thomas Morus às distopias críticas

Apresentação do curso. Aspectos teóricos. A invenção do termo utopia por Thomas Morus, cujos sentidos políticos e literários ressoam até os dias de hoje. A quimera de Olaf Stapledon e os limites da imaginação. As proposições de Fredric Jameson em suas arqueologias do futuro. As funções das distopias críticas segundo Raffaella Baccolini e Tom Moylan.

CEVASCO, Maria Elisa. “Como pensar a mudança hoje?”. Revista Fantástika 451, #1, verão 2018, p. 9-15. In https://bit.ly/3amZ7uu.

JAMESON, Fredric. Archaeologies of the future: the desire called utopia and other science fictions. Londres: Verso, 2005.

MOYLAN, Tom. Distopia: fragmentos de um céu límpido. Maceió: Edufal, 2016

2º encontro: Utopias e fracassos imaginativos

Dizem que as melhores utopias são as que largamente fracassam. Examinando duas narrativas clássicas: Viagens de Gulliver de Jonathan Swift (1726) e Os despossuídos de Ursula Le Guin (1974).

LE GUIN, Ursula. Os despossuídos. São Paulo: Aleph, 2017.

RÜSCHE, Ana. “Pasárgada, me leva que vou com você”. Suplemento de Pernambuco, fev. de 2020. In https://bit.ly/3bx0qr0.

SWIFT, Jonathan. Viagens de Gulliver. São Paulo, Penguin Companhia das Letras, 2010.

3º encontro: Construções distópicas ante o totalitarismo

O outro lado da moeda: algumas das obras que consolidam um modo terrível de imaginar o mundo a partir da ascensão do totalitarismo. Nós de Yevgeny Zamyatin (1920), Admirável Novo Mundo de Aldous Huxley (1932), Laranja Mecânica de Anthony Burgess (1962) e Parábola do Semeador de Octavia Butler (1993). Análise de dois livros: 1984 de George Orwell (1949) e Fahrenheit 451 de Ray Bradbury (1953).

BRADBURY, Ray. Fahrenheit 451. Rio de Janeiro: Editora Globo, 2003

ORWELL, George. 1984. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

4º encontro: Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades

Na América do Norte, as lutas por direitos civis e o feminismo irão contaminar a literatura, cujo impacto pode ser sentido com duas obras seminais: Kindred (1979) de Octavia Butler e O conto da Aia de Margaret Atwood (1985). No encontro, ainda será comentado o conto Eles herdarão a Terra de Dinah Silveira de Queiroz (1960).

ATWOOD, Margaret. O conto da aia. Rio de Janeiro: Rocco, 2017.

BUTLER, Octavia. Kindred, laços de sangue. São Paulo: Morro Branco, 2017.

QUEIROZ, Dinah Silveira. Eles herdarão a Terra. São Paulo: Plutão, 2019.

RÜSCHE, Ana. “O ano da Aia”. Suplemento de Pernambuco, Dez. 2017. In
https://www.suplementopernambuco.com.br/images/pdf/PE_142_web.pdf

5º encontro: A questão ecológica e futuros possíveis

O tema ecológico e o exaurimento de recursos naturais chegam à literatura do século 21. Afrofuturismo, weird fiction, solarpunk e outras tendências. Análise do romance Aniquilação de Jeff Vandermeer (2014) e Nova York 2140 de Kim Stanley Robinson (2017).

FREITAS, Kênia e MESSIAS, José. “O futuro será negro ou não será: Afrofuturismo versus Afropessimismo — as distopias do presente”. Revista da Asociación Argentina de Estudios sobre Cine y Audiovisual, n. 17, 2018. In https://doi.org/10.26512/dasquestoes.v6i6.18706.

VANDERMEER, Jeff. Aniquilação. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2014.

ROBINSON, Kim Stanley. Nova York 2140. São Paulo: Planeta, 2019.

Aspectos técnicos

As aulas serão transmitidas pelo Google Meet. As instruções para o acesso serão enviadas por e-mail dois dias antes do início do curso. Se você se inscrever nos últimos momentos, receberá essas instruções no dia da primeira aula.

Nossas aulas são transmitidas ao vivo, mas são também gravadas e podem ser assistidas posteriormente. Os links dos vídeos ficam ativos por 30 dias corridos a partir do fim do curso. Oferecemos certificado apenas para quem tiver 75% de presença nas aulas ao vivo.

Para mais informações: [email protected]

Ministrado por

Ana Rüsche

É doutora em Letras pela FFLCH-USP com a tese “Utopia, feminismo e resignação em The left Hand of Darkness (de Ursula Le Guin) e The Handmaid’s Tale (de Margaret Atwood)”, que discute estes gêneros literários. É formada em Letras e também em Direito pela Universidade de São Paulo (USP), sendo mestre em Direito Internacional. Produziu … Continue lendo “Ana Rüsche”

Aulas

AULA 1
Data: 01/10/2020
Horário: das 20h às 22h

____________________________________

AULA 2
Data: 08/10/2020
Horário: das 20h às 22h

_____________________________________

AULA 3
Data: 15/10/2020
Horário: das 20h às 22h

____________________________________

AULA 4
Data: 22/10/2020
Horário: das 20h às 22h

____________________________________

AULA 5
Data: 29/10/2020
Horário: das 20h às 22h