CULT #243 | MARÇO 2019

EDIÇÃO: 243

PÁGINAS: 52

 

Dossiê ‘O feminino de ninguém’: Desconstruções teóricas sobre libido, gozo, amor, gênero e maternidade. Mais: Marcia Tiburi, Linda M. Heywood, um texto de Virginia Woolf inédito em português, os acadêmicos e pesquisadores que adentram o YouTube

Quantidade:

-

+

R$ 18,50

Detalhes da Edição

Bianca Santana
O que brancos e brancas devem fazer para ajudar na luta antirracista

Reportagem
Professores e pesquisadores brasileiros adotam a linguagem do YouTube

Entrevista
Marcia Tiburi fala sobre experiência como candidata nas eleições de 2018, a vida nos Estados Unidos e sobre novo livro, Delírio do poder (Record)

Dossiê | O feminino de ninguém
– Apresentação, por Ana Lucia Lutterbach
– Libido não tem gênero, por Gilson Iannini
– A invenção da maternidade, por Maricia Ciscato
– Sexualidade enigmática, por Márcia Rosa
– O feminino na travessia do Grande Sertão, por Antônio Teixeira

Estante CULT
– “Mulheres devem chorar”, um texto inédito de Virginia Woolf
– A história da grande rainha africana Jinga contada por Linda M. Heywood
– Um manifesto pelo feminismo dos 99%
– Lançamentos de Sheila Heti, Wilson Alves-Bezerra, Glauco Mattoso, Yehuda Amichai e mais

Wilson Gomes
Por que é necessário criminalizar a LGBTfobia

Ficha Técnica

ISSN: 1414707-6
Edição: 243
Data: Março 2019
Páginas: 52
A Revista CULT é uma publicação mensal da Editora Bregantini