CULT #215 | Agosto 2016

EDIÇÃO: 215

PÁGINAS: 68

 

A edição #215 da Revista CULT apresenta o dossiê Adorno e a reinvenção da dialética, entrevista com o sociólogo Danilo Santos de Miranda e um especial sobre a ascensão do romance gráfico. 

Quantidade:

-

+

R$ 14,90

Detalhes da Edição

ENTREVISTA
Danilo Santos de Miranda, sociólogo e diretor do Sesc SP, fala sobre cultura, política e sua trajetória, por Bianca Santana

MARCIA TIBURI
Ignorância populista: Sobre o poder do não saber

DOSSIÊ | Adorno e a reinvenção da dialética
– Expressão e constelação: elementos estéticos na Dialética negativa,
por Rodrigo Duarte
– A dialética do feminino em Theodor W. Adorno ou: “a própria mulher é já o efeito do chicote”?, por Deborah Christina Antunes
– Dialética como diavolo, por Vladimir Safatle
– Uma dialética do especulativo e do concreto, por Ricardo Musse
– Não fazer nada – com Adorno?, por Sílvio Rosa Filho
– Fora da torre de marfim – três textos de intervenção de Theodor W. Adorno, por Felipe Catalani
– Sobre os acontecimentos de Berlim
– Sobre a absolvição do sargento Kurras
– Contra as leis de emergência

LIVROS
A queda do céu, de Davi Kopenawa e Bruce Albert, traz testemunho autobiográfico de um xamã yanomami, por Alberto Pucheu

LITERATURA
– A associação da HQ com a experiência moderna marcada pela abundância de signos visuais, por Manuel da Costa Pinto
– Um percurso desde o surgimento das graphic novels até os novos “Joyces” que inovam sua linguagem, por Joca Reiners Terron
– O engajamento político das HQs com acontecimentos reais, por Joca Reiners Terron
– A importância dos anti-heróis para a produção de graphic novels brasileiras, por Ronaldo Bressane

RETRATOS CULT
Ignácio de Loyola Brandão, por Bob Sousa

Ficha Técnica

ISSN: 9771414707007 00215
Edição: 215
Data: Agosto 2016
Páginas: 68
A revista CULT é uma publicação mensal da Editora Bregantini